Follow:
Bolonha, Comidas Típicas, Enogastronomia

Cozinha Bolonhesa – pratos típicos imperdíveis na cidade

Bolonha não ganhou o apelido de la grassa (a gorda) à toa, a cozinha bolonhesa tem total responsabilidade sobre esse apelido

A cidade para mim é uma das mais fáceis para comer na Itália, principalmente para o turista brasileiro.

A popularização de algumas receitas e ingredientes regionais facilitam o paladar até de quem é chato para comer. Afinal quem no Brasil não conhece a mortadela, o bife à parmigiana (que aqui è alla bolognese) ou uma lasanha?

É claro que não irei citar nesse post as delícias que você encontra por toda Itália: gelato, pizza, risoto são clichês e você sabe muito bem disso.

Quero te mostrar aqueles pratos que só nesta cidade você vai comer feito da maneira tradicional, o da mamma.


Cozinha Bolonhesa

Tagliatelle al ragù: o rei da cozinha bolonhesa

prato de tagliatelli a bolonhesa

Tagliatelle al ragù

Começamos do prato que deu fama internacional à cidade: o molho à bolonhesa por aqui é chamado de ragù – nos restaurantes turísticos ragù alla bolognese – e NUNCA é servido com spaghetti.

A massa que o acompanha é do tipo tagliatelle,  fresca e com largura de 8mm.

tagliatelle seco na vitrine da loja

tagliatelle fresco com 8mm de espessura

Na receita tradicional o molho é feito com carne moída de boi (muitas vezes misturada com carne de vitello e porco), pancetta (espécie de bacon), cenoura, cebola, molho de tomates frescos, vinho branco, manteiga  e azeite.


Tortellini in brodo

Massa tipo tortellini em uma vitrine em Bolonha

Massa tipo tortellini

Os tortellini são massas frescas e recheadas que lembram a forma de um umbigo di Venere.

Em Bolonha eles são recheados com uma mistura de lombo de porco, presunto, mortadela de Bolonha e servidos em um caldo quente de galinha (ou galo) chamado por aqui de brodo.

É um prato invernal e tradicionalmente consumido no natal.

Nas outras cidades da Emília Romagna os tortellini são igualmente consumidos porém podem ser chamados de outra forma, assim como ter o recheio de acordo com a tradição local.


Tortelloni

Prato de Tortelloni com molho de fungos

Tortelloni ai funghi

Os tortelloni são uma versão maior dos tortellini e são servidos com molhos mais densos.

Existem as massas com recheio tradicional – com ricota – e outras combinações. Uma bastante popular na atualidade são recheados com abóbora.


Lasagne verde alla bolognese

Esse prato dispensa apresentações. Folhas de massa entremeadas com molho à bolonhesa, molho branco bechamel e queijo parmigiano reggiano. Lasanha por aqui não leva muçarela nem presunto.

prato de Lasanha verde à bolonhesa

Lasagne verde alla bolognese

A massa é fresca e por tradição pode levar espinafre na sua composição, a tornando verde.


 Cotoletta alla bolognese

prato de cotoletta alla bolognese com batatas

Cotoletta alla bolognese

Se os milaneses tem a sua cotoletta, os bolonheses tem a deles. Muito mais calórica, é claro.

Que nossas artérias não escutem a descrição desse prato, mas apesar de gordo ele é surreal de bom #agueisódepensar

Da mesma forma que a receita milanesa, pode ser usada carne de vitelo – sem osso – mas também carne de porco ou frango.

A carne é empanada, frita e depois vai ao forno com uma fatia de presunto de Parma e queijo parmigiano reggiano ralado por cima #arrepiei.

Alguns lugares acrescentam o molho de tomate antes do presunto, como o nosso bife à parmegiana.

O prato é servido acompanhado de batatas de Bolonha DOP. Sim eles tem uma batata com certificação.


Il friggione

Il friggione servido com torradas

Il friggione – foto Giallo Zafferano

Na cozinha bolonhesa pode ser considerado “contorno” (acompanhamento) ou “antipasto” (entrada).

Para mim é um molho feito com muitas cebolas brancas, molho de tomates, alecrim, sal e açúcar.

Já vi versões com ovo por cima. Ótimo para comer com pão e fazer a scarpetta (ato de limpar o prato com o pão, proibido nos restaurantes mais chiques).


Mortadella Bologna IGP

mortadela Bolonha embaladas à vacuo

Mortadella Bologna

Outro ingrediente que dispensa apresentações.

É o ingrediente dos panini (sanduíches) bolonheses.

Balcão de salumeria com frios e queijos expostos

Salumeria no quadrilátero, em Bolonha

Se quiser uma melhor experiência da cozinha bolonhesa, passe em um forno (padaria), compre uma crescente bolognese, depois entre em uma salumeria, peça para fatiar algumas gramas de mortadela e recheie seu pão.

Enlouqueça com a melhor mortadela do mundo


Spuma di mortadella

Spuma di mortadella

Spuma di mortadella – foto Giallo Zafferano

Uma deliciosa pastinha da cozinha bolonhesa feita com mortadela triturada misturada com ricota fresca, parmigiano reggiano e creme de leite. Se consome como antepasto passando em fatias de pão.


Crescente bolognese

Crescente bolognese recheada com bacon em cima de uma grelha

Crescente bolognese – foto pan per focaccia

É uma antiga focaccia da cozinha bolonhesa feita com com farinha, água, banha de porco – o que lhe dá uma suavidade incomparável.

A massa ainda é enriquecida com pedaços de presunto de Parma, mortadela  e/ou pancetta.

Fica uma delícia se consumida como sanduíche recheado com mortadela (ou coppa). Ou servida com um acompanhamento de carnes e queijo.

Uma das melhores de Bolonha é vendida na Salumeria Tamburini (pertinho do Mercato di Mezzo) junto com os frios para rechear.


Certosino di Bologna

Torta de especiarias particular da cozinha bolonhesa

Certosino di Bologna – foto taccuini storici

É um delicioso bolo de forno que leva amêndoas, frutas cristalizadas, passas, mel, chocolate, manteiga e especiarias na massa.

Muito particular da cozinha bolonhesa, esse doce não é conhecido nas outras regiões.

A receita remonta à idade média quando os Monges Certosini a reelaboraram.

Doce típico da cozinha bolonhesa de natal, mas pode ser encontrado durante o ano em algumas padarias.


 Torta di Riso ou Torta degli addobbi

dois pedações de torta de arroz típica da cozinha bolonhesa

Torta di Riso

É uma torta doce de arroz.

Eu particularmente acho que ela tem uma textura muito parecida com o nosso pudim de leite, e não é à toa já que seus ingrediente são quase os mesmos.

Além do arroz e das amêndoas, ela leva leite, ovos e açúcar caramelizado e baunilha. É uma sobremesa para os amantes dos doces bem doces.


Raviole Bolognesi ou Raviole di San Giuseppe

 Raviole Bolognesi ou Raviole di San Giuseppe aberto ao meio e recheado com geleia

Raviole Bolognesi – foto saporie.com

São biscoitinhos doces amanteigados recheados com geleia de fruta. Se parecem com nossos pastéis de forno das festinhas infantis.

Para completar esse post leia O que comer na Emilia Romagna

 

Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

12 Comments

  • Reply Fabia Fuzeti

    Que post delicioso! Anotamos todos os pratos para experimentar quando formos à Bolonha… e que curioso saber que aí o nosso “molho a bolonhesa” nunca é servido com spagetti!

    dezembro 24, 2016 at 12:51 pm
  • Reply Carla Mota

    Essa pasta italiana me tira do sério! ADORO! Sou completamente fã da cozinha italiana. Bateu uma saudade…

    dezembro 24, 2016 at 2:36 pm
  • Reply Fabio Pastorello

    Adorei as dicas, sempre fico na dúvida sobre o que comer nesses lugares incríveis (e se falando em Itália, essa questão é primordial). Mas como minha quedinha maior é por doces, essa torta de amêndoas e o raviole de geléia ganharam o meu coração.

    dezembro 24, 2016 at 3:15 pm
    • Reply Dani Bispo

      Te falo que essa torta de riso é o que há 😜😜

      dezembro 24, 2016 at 6:12 pm
  • Reply Viajar pela história - Catarina Leonardo

    Não sabia que Bolonha era conhecida dessa forma… Realmente não admira, com tantas coisas que tem… Que sobremesas deliciosas!

    dezembro 25, 2016 at 11:48 pm
  • Reply Patricia

    De repente fiquei com fome!
    Ótimas dicas. A comida da Itália é deliciosa!!

    dezembro 26, 2016 at 1:13 pm
  • Reply Luiz Jr. Fernandes

    OMG!!! Sabia que não devia ter lido esse post hehehe só aguçou a minha fome! Ainda bem que tá pertinho da hora de almoçar por aqui hahaha, abração 😀

    dezembro 26, 2016 at 3:01 pm
  • Reply Gisele Ramos

    Nossa, fiquei com água na boca!

    Já quero ir pra Bolonha experimentar tudinho! 🙂

    dezembro 26, 2016 at 9:14 pm
  • Reply Fábio Mendes

    Que post sensacional. Tô salivando até agora com o Tagliatelle, com o ravioli e a torta. Uma delícia!!! Massas na Itália são um assunto muito sério. Abraços!

    dezembro 27, 2016 at 12:19 pm
  • Reply building techniques

    I like this post, enjoyed this one thanks for putting up.

    dezembro 30, 2016 at 12:53 am
  • Reply oriented website

    This website is my aspiration, rattling superb design and style and Perfect subject matter.

    dezembro 30, 2016 at 1:00 am
  • Reply Naiara Back de Moraes

    Mamma mia! Passei apenas algumas horas em Bolonha e me deliciei com muitas comidinhas, especialmente a lasanha bolonhesa. Tratando de comida, a Itália não desaponta!

    dezembro 30, 2016 at 3:30 pm
  • Leave a Reply