Follow:
Bolonha, Dicas gerais

10 coisas para se fazer de graça em Bolonha (ou quase)

Não é difícil encontrar atrações de graça em Bolonha. A cidade que não é uma das mais caras pode agradar todos os bolsos, desde quem se hospeda em um hotel 5 estrelas até aqueles que passam a viagem a pão com mortadela.

De modo geral apesar de Bolonha ter vários museus e atrações pagas, o melhor da cidade está a céu aberto: é a própria cidade.

O que fazer de graça em Bolonha

1- Visitar uma das mais antigas bibliotecas da Europa

A Biblioteca Archiginnasio é uma preciosidade escondida em Bolonha. No prédio onde funcionou a Universidade de Bolonha você poderá apreciar salões com tetos ornados com brasões das famílias de estudantes e professores importantes e formam o maior mural de brasões do mundo.

corredores do archiginnasio com brasões pintados no teto e nas paredes

Os corredores possuem brasões no teto e nas paredes

Com alguns euros você poderá visitar as antigas salas onde aconteciam aulas de direito e anatomia humana.

Para maiores informações sobre o Palazzo dell’Archiginnasio consulte esse post aqui.


2- Descobrir a janela secreta e os canais de Bolonha

Um dos segredos de Bolonha fica na tranquila Via Piella. Uma parte da história de Bolonha que muitas pessoas desconhecem é que a cidade tinha vários canais navegáveis como Veneza.

Hoje em dia poucos desses canais continuam descobertos e você poderá ver um deles através de uma pequena janela que se abre para a parte de trás de alguns prédios.


 3-  People Watching na Piazza Maggiore

Não tem como negar que a Piazza Maggiore é o coração da cidade.

Não há nada mais bolonhês que se sentar nos degraus da Basilica de San Petronio ou no Palazzo del Podestà e apreciar o vai-e-vem de pessoas dos mais diferentes tipos que passam pela praça.

Sessão de cinema de graça em Bolonha: No verão a Piazza se transforma em um enorme cinema ao ar livre.

Para maiores informações sobre a Piazza Maggiore consulte esse post aqui.


4- Caminhada até a Basílica de San Luca

Fora do centro histórico e no alto de uma das colinas de Bolonha a Basílica de San Luca é uma das primeiras coisas que se vê quando se chega na cidade.

Enquanto a basílica por si só já é uma atração, a estrada para chegar até ela é um passeio perfeito para um dia ensolarado.

 

O maior pórtico do mundo

Os 4km do caminho em subida transforma o passeio em uma academia de graça em Bolonha. Perfeita para queimar as calorias de tanta massa e vinho.

Para maiores informações sobre a basílica consulte esse post aqui.


 5- Um passeio por “Sete igrejas”

A Basílica de Santo Stefano, ou mais conhecida em Bolonha como “Le Sette Chiese” – as sete igrejas – é uma das mais bonitas da cidade.
O complexo já foi composto por sete igrejas diferentes que remontam os lugares da Paixão de Cristo.  A primeira delas, a Chiesa di Santo Sepolcro foi construída em cima de um templo pagão. As igrejas posteriores foram adicionadas ao longo dos séculos.

Fachada da basilica de san stefano

Na praça em frente a basílica todo segundo fim de semana de cada mês acontece uma feira de antiguidades.

Horário:
inverno 8:30h-18h;
verão 8:30h – 19h;


6 – Apreciar as vitrines das bottegas do Mercado di Mezzo

Para mim nenhum programa é mais autentico que conhecer os produtos típicos do local onde você está. Em Bolonha não existe lugar melhor para conhecer os produtos da região que as vitrines do quadrilátero que forma o Mercado di Mezzo.

Eu poderia passar horas por ali apreciando vitrines com os mais variados embutidos, massas, queijos, bancas com legumes da estação ou até mesmo a peixaria. E o melhor que o programa é gratuito.

Para maiores informações sobre o Mercado di Mezzo consulte esse post aqui.


7 – Orto Botanico

Lendário oásis entre os grandes edifícios da Via Irnerio, o Horto Botânico de Bolonha é um prato cheio para quem ama a natureza e quer escapar do agito da cidade, dentro da cidade.

fonte: circolocubounibo.it

Totalmente operado pela Universidade de Bolonha, o Orto Botanico é o mais antigo jardim botânico da Itália.

Hoje o local abriga cerca de 5.000 espécies, incluindo árvores, estufas tropicais, estufas de plantas suculentas e estufas de plantas carnívoras e até um jardim de ervas.

Horário:
Segunda a sexta: 8.30 – 15.30;
Sábado:  8.30 – 13.00;
Fechado domingos e feriados


8 – Fazer uma noitada em um dos bares da Via del Pratello

Esta rua do centro histórico  se tornou nas últimas décadas um dos principais pontos de referência para a vida noturna bolonhesa, e seu nome se estendeu à área circundante.
Quase como um bairro, “o Pratello” engloba as ruas e praças circundantes que de noite ficam ainda mais animadas. É uma espécie de Lapa (Rio) ou Vila Madalena (SP).

fonte: bologna.repubblica.it

São ruas onde os bolonheses vão à noite a procura de bares, restaurantes, casas noturnas ou simplesmente para uma caminhada com bate-papo sob os pórticos. É frequentada principalmente por estudantes já que Bolonha é uma grande cidade universitária.


9 – Conhecer a meridiana mais longa do mundo

Dentro da Basílica de San Petronio se encontra a meridiana mais longa do mundo – 67,72m – realizada por Gian Domenico Cassini em 1655.
Graças as observações feitas na meridiana em 1736 Eustachio Manfredi descobriu o fenômeno do alinhamento do eixo terrestre.

San Petronio bolonha

A maior meridiana do mundo

A meridiana foi um importante instrumento científico que contribuiu para formar todo conhecimento do homem moderno além de servir para reunir informações para o calendário que usamos hoje.


10 -Visitar um museu gratuito

Em Bolonha é possível visitar gratuitamente alguns museus universitários como o Museu de Zoologia – com 6000 exemplares – e o museu geológico. Um programa de graça em Bolonha perfeito para quem viaja com crianças.

Salão do museu de zoologia com bichos empalhados. Otimo para visita à Bolonha com crianças

Museu de Zoologia – Via Selmi, 3, Bologna  – Informações pelo site

Horário: Segunda a sexta: 9h -13h/ Sábado e domingo:  10h -18h

Museo Geologico Giovanni Capellini – via Zamboni, 63 – Bologna

Horário: Segunda a sexta: 9h -12:30h / Sábado: 15h – 19h /Domingo:  10h -18h

Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

No Comments

Leave a Reply