Follow:
Modena, Pontos turísticos

Duomo, Piazza Grande e Torre Ghirlandina: Patrimônio da Humanidade Unesco de Modena

Antiga capital do Ducado Estense, hoje cidade universitária, popular pelas tradições enogastronomicas e pelo mito da Ferrari, Modena concentra monumentos e museus em um centro histórico de dimensões compactas.

A Via Emília é a artéria central e corta a cidade ao meio atuando como uma divisão entre as cidades medieval e aquela que cresceu durante o Ducado.

Ao longo dela se abrem uma série de praças incluindo a Piazza Grande, o principal ponto de encontro de moradores e onde se debruçam outros dois edifícios que em 1997 foram declarados Patrimônios da Humanidade Unesco: O Duomo e a Torre Ghirlandina.

O Duomo di Modena

“Uma bíblia de pedra no coração de Modena, há nove séculos é o símbolo do espirito da cidade. É por ele que começaremos nossa viagem”

Fachada do Duomo di Modena

Duomo di Modena, uma obra de arte do estilo Romanico Europeu

Construído no estilo românico europeu, o Duomo di Modena é uma construção complexa e cheia de detalhes.

O Duomo era centro da vida da cidade. Sua construção começou em 1099 no local onde antes havia uma igreja dedicada à San Geminiano em condições precárias.

Tanto o projeto arquitetônico de Lanfranco, as esculturas de Wiligelmo quanto as modificações ao projeto original feitas pelos Mestres Campionesi nos séculos XII e XIV são partes de um trabalho que transformou o Duomo di Modena em uma dos maiores obras primas do estilo românico europeu.

fachada

A fachada é dividida em 3 partes que correspondem à subdivisões das naves internas. Sob a rosácea  se encontra a maior porta de ingresso que foi esculpida por Wiligelmo na ocasião de construção da catedral.

No século XII foram acrescentados à fachada a grande rosácea e duas portas laterais realizadas pelos Mestri Campionese. Esses acrescimos obrigaram a elevação das quatro placas escultórias com a Storie della Genesi [histórias da Genesis] de Wiligelmo, obra prima absoluta de arte românica.

Esculturas de dois leões da Porta dei Principi no Duomo di Modena

Porta dei Principi, uma das portas do Duomo di Modena que se abre para a Piazza Grande

Na fachada voltada para o lado da Piazza Grande se abre a Porta dei Principi [Porta dos Príncipes] com a vida de San Geminiano esculpida na arquitrave e a Porta Regia em mármore rosa de Verona.

Porta della Pescheria, por onde entravam os mais pobres

Do outro lado da igreja se encontra a Porta della Pescheria chamada dessa forma pois daquele lado se realizava o mercado do peixe. Era por essa porta que entravam os mais pobres.

parte interna

A parte interna do Duomo de Modena com pardes em tijolos aparentes

Vista interna do Duomo de Modena. Suas paredes são em tijolos aparentes

Enquanto a fachada do Duomo é revestida em mármore branco, a parte interna é revestida com tijolos. As naves são divididas por colunas de mármore com capitéis corintios se alternam com pilares de tijolos maciços.

Presépio em Terracota

Presépio de terracota do escultor modenês Antonio Begarelli

Dentro do Duomo podem ser admirados entre outras coisas um púlpito com relevos de Enrico da Campione (1322), o Presépio de terracota do escultor modenês Antonio Begarelli e o fantástico Altare delle Statuine [altar das estatuetas] de Michelle da Firenze.

Altar das estátuas todo em terracota

Altare delle Statuine [altar das estatuetas] de Michelle da Firenze

Na cripta está a tumba do patrono San Geminiano e o fantástico grupo escultório em terracota policroma La Madonna della pappa de outro famoso escultor: Guido Mazzoni.

La Madonna della pappa são 5 estátuas em Terracotas pintadas com cores coloridas

Grupo escultório em terracota policroma La Madonna della pappa

Ao lado da Catedral, saindo pela Porta della Pescheria estão os Museus do Duomo e do Lapidário.

O primeiro conserva obras de arte que no passado eram alojadas no Duomo, móveis sacros e objetos de culto além de antigas doações.

O Museu do Lapidário conserva fragmentos arquitetônicos e esculturas da idade média provenientes da catedral.

Informações para a visita do Duomo di Modena

Ingresso: grátis

Horário de funcionamento
– De terça a domingo 7,00 às 19,00
– Às segundas-feiras das 7.00 às 12.30 e de 15.30 às 19.00.
– 31 de janeiro, festa da Padroeira S. Geminiano das  7:00 às 19:00.

As visitas não são permitidas durante o horário das missas;

Horário das missas
Dias úteis: 8h, 9h, 10h e 18h
Sábados e Domingos: das 8h30 às 09:45 (em latim e canto gregoriano) – 11h – 12:15h – 18h

Julho e Agosto:

Dias úteis: não se celebra a missa de 12h
Sábados e Domingos: a missa de 9:45h é celebrada em italiano e não se celebra a missa de 12:15h.

Respeite os fiéis em oração não falando alto, não usando telefones celulares. Existe um funcionário dentro da catedral para controlar turistas “mal educados”.

Não são permitidas visitas de grupo na manhã de domingo e feriados.

Museu del Duomo
De terça à domingo das 9h30 às 12h30 e 15,30-18,30.
Fechado na segunda-feira.

No Museu del Duomo você pode alugar áudio-guias em Italiano, Inglês, Francês, Alemão, Espanhol.


Piazza Grande: o centro da vida da cidade

Duomo com a Torre Ghirlandina ao fundo

Duomo com a Torre Ghirlandina ao fundo

Centro cenográfico e histórico, a Piazza Grande foi a única praça da cidade até as intervenções urbanísticas do século XVIII-XIX.

Foi batizada de “Grande” no século XVII e foi por séculos – e ainda é – o lugar da vida da cidade.

Margeando a “Grande Piazza” estão os  edifícios-sedes dos principais poderes civis (Palazzo Comunale) e religiosos (Duomo).

Inteiramente dominada à oeste pelo Duomo e caracterizada de um conjunto de edifícios de épocas variadas que não tiram a harmonia de um conjunto inserido em 1997 no  Patrimônio Mundial da Humanidade Unesco.

Por ali aconteciam de procissões à execuções, de feiras à festas de carnaval, de fogueira para celebrar nascimentos ou casamentos dos senhores à “prostitutas que vagabundeavam sozinhas pela praça”.

a estátua feminina de mármore Buonissima e ao fundo a Torre Ghirlandina

Bonissima, uma estátua feminina de mármore vigia a Piazza Maggiore

O local é vigiado pela Bonissima, uma estátua feminina  de mármore com 137 cm de altura colocada em 1268 na esquina do Palazzo Comunale com a Via Castellaro.

A origem da estátua é incerta e a lenda mais difusa conta que a estátua é a figura de uma rica senhora que em um perídodo de fome, alimentou os pobres.

Na Piazza Grande está também desde sempre o Palazzo Comunale, sede da administração da cidade.

Fruto de muitas modificações no curso dos séculos, o prédio conserva ainda na Sala delle bifore (no lado Norte) os restos da fachada do Palazzo dei Notai datado de 1300.

Pietra ringadora, onde os comerciantes desonestos sofriam punições

No canto da praça, na entrada do Palazzo Comunale está a Pietra Ringadora, um grande bloco de mármore maciça rosa de Verona.

A pedra era usada para discursos à multidão, teatro de marioneted mas também como local de punições: Os comerciantes desonestos deviam sentar na pedra besuntada de uma substância que pinicava e ardia muito!

Além dos edifícios descritos acima, na Piazza Grande ainda estão o Palazzo da Casa di Risparmio (1968) e  Palazzo dell’Arcivescovado.


Torre Ghirlandina

Campanário, caixa forte, arquivo comunal e hoje também um museu, a Torre Ghirlandina desponta sobre Modena

Torre Ghirlandina

Torre Ghirlandina

Símbolo da cidade de Modena, a Torre Ghirlandina está localizada ao lado do Duomo. Seu nome deriva dos balaustres que coroam o pináculo, “gracioso como guirlandas “.

Não se sabe exatamente quando começou a construção da torre. O que se sabe é que ela foi construída até o quinto andar em 1169 e depois foi terminada em 1319 pelos Mestres Campionesi.

Homem na escada da Torre Ghirlandina em Modena

A escadaria de acesso à Sala dei Torresani

A planta de base quadrada é desenvolvida por 6 andares alcançando uma altura de total de 89 metros e fazendo com que possa ser vista de qualquer ponto da cidade.

Uma sala na base abriga uma copia da Secchia Rapita (a original está no Palazzo Comunale): um balde considerado como o troféu da Bataglia di Zappolini entre os modeneses e bologneses.

o balde secchia rapita pendurado por uma corda no teto de uma das salas da torre

Secchia Rapita, um balde troféu

Piazza grande vista do alto da Torre Ghirlanina

Piazza grande vista do alto da Torre Ghirlanina

A torre sempre teve funções cívicas: da torre os guardas controlavam as portas da cidade além de guardar os cofres da cidade.

A visita à torre é aberta ao publico mas não se pode subir até ao topo. O acesso se dá somente até o meio onde está  Sala dei Torresani  que é a sala onde ficavam os guardas e de onde se tem uma linda vista da cidade.

Sala dei Torresani e sias janelas

Sala dei Torresani no meio da Torre Ghirlandina

Informações para a visita à Torre Ghirlandina

Ingresso: €3

Horário de funcionamento de 01/04 a 30/09:

de terça a sexta-feira 9:30-13:00 / 15: 00-19: 00;

Sábados, domingos e feriados: 09:30 às 19:00;

Horário de funcionamento de 01/10 a 31/03

de terça a sexta-feira 9:30-13:00 / 14:30-17:30;

Sábados, domingos e feriados: 09:30 às 17:30;

Fechada domingo de Páscoa, Natal e 1 de Janeiro.

Aberta 31 de Janeiro, festa da Padroeira de Modena (com entrada livre).

Segunda-feira 24 abril, a Torre será extraordinariamente aberta das 9:30 às 13 e 15,00-19,00.

A bilheteria fecha meia hora antes do horário indicado.

Piazza Grande, Duomo e Torre Civica

Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

2 Comments

  • Reply Denya

    Dani,
    Acredita que ainda não conheço Modena? Adorei o post 😉 .
    Bacione,
    Denya

    março 28, 2017 at 1:08 pm
    • Reply Dani Bispo

      Nonnnn! Tem que ir logo querida! A cidade é linda, o povo mais simpático do mundo, comida boa e passeios incríveis! Te convenci? Rs

      Bjs
      Dani Bispo

      março 28, 2017 at 1:29 pm

    Leave a Reply