Follow:
Emília Romanha, Passeios

Esqui na Itália: Pistas na Emília Romanha

Você já pensou em praticar esqui na Itália?

Sabia que a Emília Romanha conta com diversas estações bem estruturados para a prática do esporte?

São 400km de pistas equipadas, organizadas e distribuídas entre 15 estações de esqui.

A maior parte dessas estações ficam localizadas na cordilheira dos Apeninos, na fronteira da Emília Romanha e Toscana

De dezembro à abril é a época ideal para a prática de esqui na Itália, a neve rola solta principalmente no centro-norte do país.

Além do tradicional esqui e snowboard existem outras opções de diversão na neve: Kitesurf, iceclimb, trekking,  esqui cross-country, raquete de neve são apenas algumas das opções.

Por aqui as crianças também tem sua vez: tradicionais escolinhas para o aprendizado dos pequenos, pistas de patinação e Baby Parks fazem a festa da garotada.

Motivos para esquiar nas pistas da Emília Romanha?

  • Combinar uma viagem esportiva com cultura e gastronomia.
  • Preços mais baixos que nas outras regiões da Itália. Perfeito para quem quer aprender esportes de neve sem gastar uma fortuna.
  • Pistas de acesso fácil a partir de grandes centros urbanos

*************************************************************************************************************

Principais Estações de Esqui

Cimone

Cimone é a maior e mais moderna estação de esqui na Emília Romanha, possui o mesmo padrão de qualidade dos Alpes.

A estação é espalhada sobre as montanhas Cimone (2165 metros) e Cimoncino (2000 metros).

Os esquiadores encontrarão hospedagem de primeira linha em  Fanano, Montecreto, Riolunato e Sestola, que são os principais vilarejos da região.

Duas pessoas praticando esqui na itália

fonte: cimonesci.com

As vantagens de escolher Cimone são: o clima menos rigoroso, panorama dos bosques, o entrelaçamento dos vales na base das encostas e as inúmeras opções para quem prefere excursionismo ao esqui clássico.

Outra grande vantagem é que ela fica localizada exatamente entre as cidades de Modena (70km) e Bolonha (80km) e é facilmente acessível a partir das duas.


⇒O que você encontrará por lá?

  • São 50km de pistas de esqui interligadas entre si e com caminhos para todos os gostos: longas, largas, com encostas desafiantes e mais de 600 metros de altitude para esquiadores avançados. Tudo acessível com um único passe eletrônico.
  • snowpark do Lago Ninfe faz parte dos 50km de pistas e é dotado de equipamentos como jump, rail e step-up instalados em sequência ao longo da pista. Um park para praticantes de todos os níveis das modalidades freestyler, freerider, freecarver e racer. 
Grupo caminhando na estação de esqui na Itália com showshoe

Caminhadas com raquete de neve (snowshoe) pelos bosques da região. Fonte foto: Cimonesci.com

  • Esqui cross countryA localidade de Le Piane de Mocogno é o paraíso para quem pratica o esporte, tanto em técnica clássica ou livre. O local conta com mais de 40km de pistas-anéis, todas com 9m de largura e neve artificial programada.
  • Raquetes de neve (ou snowshoe): Em muitas localidades em torno do Monte Cimone existempasseios organizados nos bosques nevados para aqueles que não querem esquiar.
  • Snowkite: Pian Cavallaro no Monte Cimone é provavelmente um dos melhores pontos de esqui na Itália para a modalidade snowkite. Trata-se de uma grande planície exposta ao vento 150 dias por ano e com espaço suficiente para as manobras do esporte.
  • Dois Baby Parks: um na localidade de Cimoncino e outro nos arredores do Lago della Ninfa. Ambos equipados com brinquedos infláveis, equipamentos para deslizar sobre a neve, palhaços e outras atrações.
  • O complexo é servido por 21 modernos teleféricos para facilitar a vida dos esquiadores.

⇒Quanto custa o Skipass?

Fim de semana e feriado: O passe diário básico custa 35 euros (adultos) e 30 euros (jovens entre 8 e 14 anos e idosos acima de 61 anos).

Dia de semana: O passe diário básico custa 28 euros (adultos) e 24 euros (jovens entre 8 e 14 anos e idosos acima de 61 anos).

esqui na Itália em Passo del lupo monte cimone

Localidade de Passo del Lupo. Fonte: viaggiverdeacido.com/

Existem outros passes, como família ou de múltiplos dias.

Todos os preços estão nesse link (www.cimonesci.com/prezzi)

Em 2017 foi implantado o sistema de venda do skipass online.

Por 3 euros você adquire um cartão recarregável onde basta inserir os créditos online e acessar diretamente as pistas sem passar pelas filas.


⇒Como chegar?

De Carro

Para chegar à Fanano, Sestola ou Montecreto:

Vindo de Bolonha pegar a autostrada A1, saída Bologna Casalecchio.

Vindo de Modena pegar a autostrada A1, saída Modena Sud.

Depois seguir para Vignola, Estrada Fondovalle, Fanano, Sestola ou Montecreto.

De ônibus

A melhor opção sem dúvida é alugar um carro, mas existe também a opção de ir até uma das cidades-base de ônibus.

Partindo de Modena ou de Bolonha basta pegar um ônibus para a cidade de Vignola e de lá pegar outro ônibus para a localidade escolhida.


⇒Em qual cidade se hospedar?

Como falei lá em cima, os principais pontos de hospedagem de Cimone são as localidades de Fanano, Montecreto, Riolunato e Sestola.

Reservando um hotel por este link do site Booking.com nós ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso


Castelo de Sestola em Cimone Itália

Castelo de Sestola. Fonte cimonesci.com

⇒O que fazer longe das pistas?

  • Montecreto é a cidade da castanha e durante a temporada de Natal conta com uma Aldeia do Papai Noel e um mercadinho típico. Além disso esse borgo possui uma belíssima fortificação chamada Rocca di Monte Creto que merece ser visitada.
  • Em Sestola a principal atração é sem dúvida o Castelo. Na cidade você ainda pode visitar o Campanário de 1800 no Centro Historico, a linda fonte, a igreja de São Nicolau, a igreja da Madonna do Rosário e os oratórios de Santo Antonio e a igreja di Rocca.
  • Caseificio di Roncoscaglia – Uma ótima opção para quem quer conhecer a produção dos queijos mais famosos da região, dentre eles o rei  parmigiano reggiano.
  • O grande centro de atividade indoor pallaghiaccio oferece uma grande pista de patinação no gelo.

 

 

Maiores informações no site: www.cimonesci.com

 

 

***********************************************************************************************************

Cerreto Laghi

Cerreto Laghi está localizado sob o Monte La Nuda, a 1355m acima do nível do mar.

No cenário deslumbrante do Parque Nacional dos Apeninos Tosco-Emiliano, essa estação de esqui fica em torno de um lago de origem glacial e entre bosques abundantemente nevados durante todo inverno.

Base das pistas de Cerreto Laghi

Base das pistas de esqui na cidade de Cerreto Laghi. fonte: visitcerretolaghi.it

É a estação de esqui na Itália mais próxima à cidade de Reggio Emília e também facilmente acessível das cidades de La Spezia na Ligúria e Aulla na Toscana.


O que você encontrará por lá?

  • Esqui clássico: 16km de pistas com descidas de vários comprimentos e dificuldades;
  • Esqui cross country: 3 pistas/anéis e um total de 6km de pistas em torno do Lago Panda. Todas aprovadas para competições internacionais.
  • Snow park com iluminação noturna e sistema de música.
  • Baby park;
  • O complexo é servido por 3 teleféricos, 1 skilift e diferentes surface lifts.

⇒Quanto custa o Skipass?

Fim de semana e feriado: O passe diário básico custa 30 euros (adultos) e 20 euros (jovens abaixo de 14 anos).

Dia de semana: O passe diário básico custa 18 euros (adultos) e 14 euros (jovens abaixo de 14 anos).

Para outros passes consultar os preços nesse link (cerretolaghi.info/prezzi-skipass)


⇒Como chegar?

De Carro

Em Reggio Emilia pegar a estrada SS 63 para Casina, Castelnuovo nè Monti  até Passo del Cerreto e depois continuar na SP 58 até Cerreto Laghi.

Mapa de Cerreto Laghi

Mapa de Cerreto Laghi. Fonte: visitcerretolaghi.it

De ônibus

De Reggio Emilia pegar um ônibus até Castelnovo Monti e de lá pegar outro até Cerreto Laghi.


 ⇒Em qual cidade se hospedar?

Os principais pontos de hospedagem estão na cidade de Cerreto Laghi.

Reservando um hotel por este link do site Booking.com nós ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso


⇒O que fazer longe das pistas?

  • Aulas de patinação na  pista de patinação tamanho olímpico (1800m²) do Palaghiaccio.
  • O centro de Cerreto Laghi é desenvolvido em torno de um sistema de lagos formados na era geológica da desintegração das antigas geleiras. O mais conhecido são os lagos Cerretano, Scuro, Le Gore e Pranda, vale visitá-los.

Maiores informações, visite o site: www.visitcerretolaghi.it

 

 

************************************************************************************************************

Corno alle Scale

Corno alle Scale está localizado a 1945m acima do nível do mar e há cerca de 90 km de Bolonha.

O local é uma ótima opção para quem quer uma estação de esqui na Itália de fácil acesso e com neve boa parte do inverno.

Pessoas sentadas em cadeiras coloridas na neve e outras esquiando ao fundo

foto ilrestodelcarlino.it

 


Mapa com pistas de esqui de Corno alle scale

Pista de todos os níveis. fonte: cornosci.it

O que você encontrará por lá?

  • 36km de pistas de esqui com níveis de dificuldade variáveis e das quais 80% são servidas por equipamentos de neve artificial que permitem uma média de 150 dias de esqui por ano;
  • snowpark: na localidade Le Malghe fica parque com todos equipamentos necessários para a prática de snowboard;
  •  esqui cross-country: Duas pistas para os níveis iniciante e avançado. Para os principiantes a pista fica na localidade de Cavone pertinho do estacionamento. Os praticantes de nível avançado contam com 4km de pista-anel na localidade Malghe;
  • “Baby Park”: esqui na Itália não é só uma coisa de adulto. Por lá as crianças também podem aprender a esquiar ou simplesmente se divertir em um parque equipado com brinquedos infláveis;
  • O complexo é servido por 6 teleféricos (sendo um exclusivo para esquiadores) e 1 esteira rolante.

⇒Quanto custa o Skipass?

Fim de semana e feriado: O passe diário básico custa 32 euros (adultos) e 25 euros (jovens entre 8 e 14 anos e idosos acima de 61 anos).

Dia de semana: O passe diário básico custa 25 euros (adultos) e 19 euros (jovens entre 8 e 14 anos e idosos acima de 61 anos).

Crianças abaixo de 8 anos acompanhadas de um adulto pagam 7 euros

Existem alguns pacotes caso você decida ficar alguns dias por lá. Todos os preços estão nesse link: www.cornosci.it/prezzi


⇒Como chegar?

De trem

De Bolonha sai um trem a cada hora para Porreta Terme. De lá parte um ônibus para Lizzano in Belvedere (ATC linea 776).

De Carro

De Bolonha pegar a autostrada A1 em direção a Florença, saída Sasso Marconi, seguir a estrada Porrettana SS.64 em direção à Porretta Terme até Silla e então virar à direita para Lizzano in Belvedere.
De Modena pegar a autostrada A1 até a saída Modena Sud, seguir para Vignola e Fanano e então virar à direita para Lizzano in Belvedere.


⇒Em qual cidade se hospedar?

Os principais pontos de hospedagem são as cidades de Vidiciatico e Lizzano in Belvedere.

Porretta Terme pode se uma boa opção uma vez que é lá que está localizada a principal estação de trem e de onde partem ônibus para as pistas.

Reservando um hotel por este link do site Booking.com nós ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso


⇒O que fazer longe das pistas?

Em  Lizzano in Belvedere e Vidiciatico você poderá conhecer:

  • Lindos burgos de pedra com símbolos misteriosos de origem celta,
  • Santuários antigos como Madonna dell’Acero, fundada, segundo a lenda, em torno de uma árvore.
  • Em Lizzano há também um presidio slow-food: o Salmerino, um pequeno peixe de água doce, como a truta, servido em restaurantes locais.

maiores informações, visite o site: www.cornoallescale.net

 

*************************************************************************************************************

Outras estações de esqui na Emília Romanha

Não menos divertidas, a região da Emilia Romanha oferece inúmeras pistas menores.

Aqui estão algumas delas. Para maiores informações basta clicar no nome da localidade:

Piacenza

Passo Penice (PC)

Parma

Schia (PR)
Prato Spilla (PR)

Reggia Emila

Ventasso Laghi (RE)
Pratizzano (RE)
Febbio (RE)

Modena

Frassinoro – Piandelagotti (MO)
Pievepelago Sant’Annapelago (MO)
Piane di Mocogno (MO)
Fiumalbo (MO)

Forli-Cesena

Campigna-Montefalco (FC)
Fumaiolo (FC)


Cuidados para praticar esqui na Itália

  • Tenha um bom seguro saúde que cubra acidentes no esporte. Alguns skipass já vem com seguro saúde incluso no preço, pesquise direitinho;
  • Para os iniciantes no esporte, contrate uma escola de esqui qualificada;
  • Respeite a previsão do tempo. Se estiver nevando muito no dia de sua viagem adie. As estradas podem fechar por conta do excesso de neve e você ficar preso na localidade;
Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

10 Comments

  • Reply Ana Raquel Fortes [Turistando no Mundo]

    Que delicia de passeio! Adorei saber mais. Não tinha idéia que era possível.
    Parabéns pelo post!

    =*

    Fevereiro 11, 2017 at 3:55 pm
  • Reply Paula Augot

    Dani, eu NUNCA imaginava que dava para esquiar na Emilia Romanha, engraçado que a gente pensa mais é pro lado de culinária quando a gente pensa sobre a região, eu imaginava que esqui era só mais pro Norte, Piemonte mesmo! Eu adorei a dica de Cimone, dá para fazer bate e volta de Bolonha e assim poder aproveitar as duas coisas!

    Fevereiro 11, 2017 at 6:14 pm
  • Reply Oscar | www.viajoteca.com

    Acabei de voltar da Itália no ultimo final de semana e cheguei considerar ir esquiar, mas como tempo para essa viagem era curta e principalmente desde que um pequeno acidente esquiando na Nova Zelândia que teoricamente deveria eu fazer operar meu joelho, acabei desistindo da ideia. Mas olhando seu post agora confesso que até bateu um certo arrependimentozinho

    Fevereiro 11, 2017 at 6:31 pm
  • Reply Passaporte com Pimenta

    Ahhhh nunca pensei em esquiar na Itália!!! Itália pra mim é sempre vinho e massa rsrs tô vendo que preciso mudar meus conceitos. =D

    Muito bacana a dica da estação.

    Fevereiro 11, 2017 at 7:45 pm
  • Reply Martinha

    Adorei o post Dani… eu infelizmente não nasci para esquiar, não levo jeito nenhum (também não dei muita chance). E queria muito, já que amo uma neve. Dica super anotada para o próximo inverno. =)

    Fevereiro 12, 2017 at 9:03 am
  • Reply Lidiane Albuquerque

    Adoro esquiar ! Ótima dica de pistas de esqui ! Quero muito ir esquiar na Itália 😉

    Fevereiro 12, 2017 at 9:03 am
  • Reply Gil Sousa

    Nunca esquiei e é algo que quero tentar há muito tempo! Acho que quanto mais tarde tentar, mais medo irei ter, mas gosto tanto de neve 🙂 Obrigado pelas dicas 🙂

    Fevereiro 12, 2017 at 11:56 am
  • Reply Marlene Marques

    Não sabia que existiam tantas estâncias de neve em Itália. Parecem ser todas muito interessantes, com muitas opções de pistas. Gostei especialmente do Cerreto Laghi. Aquela pista ladeada por árvores é linda!

    Fevereiro 12, 2017 at 11:27 pm
  • Reply Maíra

    Não eu nunca tinha pensado nisso! Achei muito legal! Certamente vousalvr esse artigo pois se estuver por lá na época certa quero experimentar. Bom post!

    Fevereiro 15, 2017 at 2:30 pm
  • Reply Edson Amorina Jr

    Que maravilha! Tenho muita vontade de esquiar novamente, adorei o post.

    Fevereiro 18, 2017 at 4:37 pm
  • Leave a Reply