Follow:
Comidas Típicas, Enogastronomia

Gelato e sorvete: saiba a diferença entre os dois

É muito comum que a palavra gelato no Brasil seja traduzida como sorvete mas precisamos deixar claro que existem diferenças significativas entre gelato e sorvete.

A diferença entre gelato e sorvete

O gelato italiano contém menos gorduras, menos ar incorporado e é servido em uma temperatura mais alta que o sorvete. Em consequência disso, oferece uma melhor experiência gustativa: a menor quantidade de gordura que recobre a língua e a menor presença de ar fazem com que cada colherada tenha mais sabor.

Além disso as papilas gustativas são mais reativas  pois a temperatura do produto não é tão baixa ao ponto de amortecer sua sensibilidade.

homem falando ao ouvido de garota segurando um gelato e sorvete

O sorvete é produzido em grandes quantidades industriais, usa ingredientes adequados para armazenamento prolongado e tem sabores artificiais e limitados.

O autêntico gelato italiano, pelo contrário, é produzido fresco quase todos os dias em quantidades pequenas, é vendido diretamente ao público e está disponível em um grande número de sabores – geralmente com ingredientes frescos e sazonais  que fazem um gelato cremoso e colorido.

Por tudo isso, é correto manter uma distinção bem clara entre os dois produtos: gelato e sorvete não são a mesma coisa.

Gelato, um alimento natural

O gelato é um alimento natural com um importante valor nutricional.

Na verdade, os ingredientes são os mesmos que provavelmente usamos cotidianamente em casa: leite, ovos, nata, cacau, frutas e elementos de base como proteínas, açúcares, gorduras, vitaminas, minerais e fibras.

Os produtos à base de leite contém importantes proteínas de valor biológico, ricas em aminoácidos essenciais que são muito úteis para o organismo e sua regeneração constante.

Os principais carboidratos são lactose, sacarose e açúcares simples que são metabolizados rapidamente.

Esses nutrientes são úteis quando seu corpo está se movendo, especialmente quando você está fazendo atividades físicas.

A gordura no gelato fornece uma quantidade positiva de ácidos graxos de cadeia curta que são utilizados pelo corpo como fonte de energia. Ele contém ainda quantidades úteis de vitamina A e B2, cálcio e fósforo.

Gelato, um alimento para todos

As matérias-primas utilizadas na produção do gelato são divididas em várias categorias: produtos lácteos (leite, nata, manteiga), edulcorantes (sacarose, frutose, lactose), sabores (cacau, chocolate, sucos, polpa de frutas) e outros aditivos (ovos, corantes naturais, bebidas alcoolicas, etc.).

Ao dividir os ingredientes em grupos correspondentes às necessidades do corpo, encontramos o seguinte:

• Água: o veículo que transporta os “materiais de construção”, onde o corpo precisa deles;

• Açúcar: fonte de energia essencial para uso rápido;

leia também o post Bolonha em familia: Gelato experience

• Gordura: presente em quase todos os alimentos, exceto açúcares;

• Proteínas: satisfazem a necessidade orgânica básica de construir novos tecidos e substituir músculos danificados ou moribundos;

• Minerais: ajudam os nutrientes a fazer seu trabalho;

• Vitaminas: são necessárias para fazer o melhor uso de nutrientes nos alimentos.

O gelato contém todos esses elementos, essenciais para a nutrição completa. Isso não significa, no entanto, que você só pode viver de gelato, mas é interessante ressaltar seu importante valor nutricional.

É raro encontrar uma comida ao mesmo tempo deliciosa e nutritiva!

 

Este texto foi enviado pela fabrica de máquinas de gelato Carpigiani. Achei tão interessante que resolvi dividir ele com vocês.

Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

11 Comments

  • Reply Flávia Donohoe

    não sabia mesmo a diferença entre os dois, como você disse a maioria dos brasileiros pensam que é a mesma coisa e somente a tradução, agora não vou passar mais vergonha!

    outubro 8, 2017 at 1:48 pm
  • Reply Andrea

    Olha só que interessante….eu nem tinha ideia disso….hummmm….deu água na boca. Adorei!

    outubro 8, 2017 at 2:15 pm
  • Reply Michela Borges Nunes

    Que interessante, eu não sabia da diferença. Sempre achei que gelato fosse sorvete em italiano, hahaha. Por isso amo ler os blogs de viagem. Ai, saudade de um gelato que deu agora…

    outubro 8, 2017 at 7:47 pm
  • Reply Robba Caravieri

    Eu adorei saber, achei super curioso. Mas quero os dois sempre! Arrasou no texto, adorei mesmo, adoro descobrir essas curiosidades

    outubro 9, 2017 at 4:44 pm
  • Reply angela sant anna

    bahh comi muito gelato bom na Italia, mas peguei uns ruizinhos tb ahueha uma amiga minha comentou q se o gelato não esta coberto (esta tipo numa vitrine com todos os sabores a vista) nao eh tao gostoso, vc acha isso verdade ?

    outubro 9, 2017 at 5:15 pm
    • Reply Dani Bispo

      Não, o pozzetto (como se chama aqueles baldes de gelato fechados) servem inclusive para conservar melhor o gelato. Minha gelateria artesanal predileta em Bolonha (a galliera 49) que ganha vários premios tem os gelatos nesse tipo de balcão. Uma dica é ficar atenta as cores muito artificiais (onde já se viu pistache verde? Pistache é uma noz portanto deve ser mais puxada para o marrom). Montanhas de gelato nem pensar…

      outubro 9, 2017 at 6:42 pm
  • Reply Viajar pela história - Catarina Leonardo

    Aqui em Portugal temos também as 2 coisas, por isso já conhecia a diferença 🙂 Gosto muito mais de gelados!!!

    outubro 11, 2017 at 4:37 pm
  • Reply Pedro Henriques

    Olha um artigo que me ensinou a diferença entre o sorvete e o gelado! não fazia ideia! Fiquei a saber que é melhor apostar no gelato que no sorvete. Obrigado pela dica. Abraços

    outubro 11, 2017 at 9:22 pm
  • Reply Edson Amorina Jr

    Oi Dani, está aí um vício que tenho: Sorvete! Mas não sou tão fã de gelato não, sempre sinto falta de mais cremosidade. Muito bom post!

    outubro 17, 2017 at 10:03 am
    • Reply Dani Bispo

      Serio? Mas o Gelato é mais cremoso pois tem menos ar!!

      outubro 17, 2017 at 10:51 am
  • Reply Renato Trettel

    Os melhores gelati que tomei na vida foram aí em ‘Lá Grassa’…. amei Bologna e suas gelaterie!

    novembro 9, 2017 at 12:21 pm
  • Leave a Reply