Follow:
Onde comer

Dois lugares para comer massa fresca em Bolonha

Onde comer uma massa fresca em Bolonha? Aqui estão dois restaurantes de propostas diferentes mas que servem deliciosas massas.

Sabemos que comer massa fresca em Bolonha aliás, em toda Itália é quase uma regra.

Exceto os restaurantes turísticos que muitas vezes servem uma simples massa industrializada, na Emília Romanha – uma região muito ligada à suas tradições – você não terá dificuldade em comer uma boa massa fresca.

Por aqui existem dois tipos de massas frescas: as boas e as ‘dos Deuses’ que é aquela que desmancha na boca e que você se derrete só de lembrar.

E é para te proporcionar uma experiência dessas que vou falar dos dois restaurantes bacanas que descobri e almocei durantes as últimas semanas que estive em Bolonha.

São duas opções de cozinha tradicional mas com propostas diferentes: um para quem procura uma cozinha modernizada, o outro é para quem quer um almoço rápido e econômico.

Trattoria da me: cozinha tradicional com um pouquinho de inovação

Salão da Trattoria da me em Bolonha

Salão da Trattoria da Me

O lugar é lindo com mobiliário de muito bom gosto.

Trattoria da Me serve os “musts” da cozinha bolonhesa: tagliatelle, tortellini e lasagne (aos domingos), mas também tem spaghettone, risoto, sopa e um prato vegetariano.

Algumas massas são acompanhadas  por molhos tradicionais, outras por molhos criados pela chef.

Os pães são feitos na casa e chegam quentinhos à mesa. Para mim você reconhece a qualidade do restaurante somente por observar esse item.

Dentre os antispastos eles oferecem uma seleção de salames artesanais emilianos, crescentine fritas (parece um pastel) acompanhadas de queijos e frios, picles e conservas preparados na casa.

As carnes usadas nos pratos são de criações não intensivas e o menu ainda conta com ensopados, cotoletta, stracotto, coelho etc…

Prato de massa fresca em Bolonha Tortelloni

Tortelloni ripieni di caciofi con ragu di faraona al coltello (€13)

Eu escolhi um Tortelloni ripieni di caciofi con ragu di faraona al coltello (€13) – massa tipo tortelloni recheado de alcachofras com molho de carne de galinha da angola cortada à faca.

Prato de Zuppa di fagioli con maltagliati di polenta (€10)

Zuppa di fagioli con maltagliati di polenta (€10)

A Isa pediu uma Zuppa di fagioli con maltagliati di polenta (€10) – sopa de feijão com pedacinhos de polenta.

Trattoria da Me: Via S. Felice, 50/a, 40122 Bologna

 

Sfoglia Rina: Laboratório de massa fresca que serve refeições

Fachada sfoglia Rina Bolonha

Me desculpem se meu texto será cheio de amores, mas é exatamente esse meu sentimento pela Sfoglia Rina.

Eu descobri esse laboratório de massa fresca em Bolonha totalmente por acaso.

Enquanto passeava, vi pela vitrine o enorme balcão cheio de massas frescas, entrei para olhar e no final já estava coagindo o marido para comprar um pouco e levar para casa.

Balcão de massas com uma atendente atrás dele

Balcão onde são vendidas as massar para viagem

Foi a decisão perfeita! Aquele tortelloni de massa verde recheado com ricotas que comemos no dia seguinte no calor da nossa casa estava “dos Deuses”.

Acabei voltando outro dia para almoçar.

Além de ser um laboratório de fabricação e venda de massa, eles também servem refeições nos salões internos.

Salão com mesa comunitária cheio de gente

Um dos salões onde são servidas as massas preparadas na hora

O local é bem simples, vive lotado mas a fila anda rapidinho.

Segundo salão com mesas para 4 pessoas.

No menu-quadro-negro só a especialidade da casa: massas frescas servidas com molhos de carne, vegetarianos e veganos e claro, sobremesas.

Quadro negro com o cardápio do dia

Como estava sozinha sentei no balcão do salão principal. Bastou anotar em um papel minha escolha e entregar à garçonete.

montagem com massas vendidas pela Sfoglia Rina

Massas frescas para levar para casa. Acima à esquerda está meu prato de gnocchi

Meu prato: gnocchi verde com coelho, cebolinha e chips de aipo (€9).

Ele chegou em menos de 15 minutos acompanhado de um pãozinho tipo crescentone quentinho e recheado de espinafre.

Tudo estava absolutamente maravilhoso que pensei em voltar essa semana. As massas deles é de desmanchar na boca, irresistível.

Além do almoço eles abrem para o café da manhã. No meu da colazione, café na moka, crostata e alguns doces deliciosos.

Sfoglia Rina: via Castiglione 5, Bologna

Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

14 Comments

  • Reply Pedro

    Com certeza muito interessantes os dois restaurantes. Se tivesse que escolher um, ficaria com o Sfoglia Rina, pelo estilo. Ah, e esse gnocchi com coelho e cebolinha deve ser uma delícia!

    fevereiro 4, 2017 at 10:38 am
  • Reply Adelaide

    Ótimas dicas. Vou sempre a Bologna a trabalho e quando posso não deixo de comer as maravilhosas massas locais.
    Próxima vez com certeza vou seguir seus conselhos, principalmente a Sfoglia Rina.

    fevereiro 4, 2017 at 11:44 am
  • Reply Cris

    Amo massas! E se for ‘dos deuses’, então! Favoritando aqui porque Adorei ambas as opções.😍

    fevereiro 5, 2017 at 5:58 am
  • Reply Anderson Kaiser

    Adoro posts de comidas e restaurantes. É sempre bom conhecer lugares, e ainda mais sua gastronomia. E temos aquele nosso lado gordinho que sempre pensa no que jantar em nossas viagens. 😉

    fevereiro 5, 2017 at 11:28 am
  • Reply Marlene Marques

    Confesso que sou louca por pasta!! Aliás, acho que quando visitar Itália (e espero que muito brevemente) vou perder a cabeça com toda a comida. Caso vivesse aí tenho a certeza que estes locais iriam estar no topo das minhas preferências.

    fevereiro 5, 2017 at 3:38 pm
    • Reply Dani Bispo

      Não quero te enganar mas você vai perder a cabeça mesmooooo kkk

      Bjs
      Dani Bispo

      fevereiro 6, 2017 at 7:12 am
  • Reply Paula Abud

    Dani, tenho um sonho antigo de fazer uma viagem à Itália, mas nunca havia pensado em inserir Bolonha no roteiro, agora após os seus post, estou encantada com essa cidade e ainda mais com a gastronomia.
    Com certeza Bolonha está no meu roteiro!
    Beijos.

    fevereiro 5, 2017 at 9:35 pm
    • Reply Dani Bispo

      Puxa vc tem que vir! É claro, inserir Bolonha e se der as outras cidades da Emília Romanha no seu roteiro!
      Bjs
      Dani

      fevereiro 6, 2017 at 7:12 am
  • Reply Marta Chan

    Haha a diferença entre massas boas e massas dos deuses está demais! Eu gostei bastante das massas que comi em Italia, só achei meio boring porque só tinham um ou dois ingredientes e eu gosto de massas ben recheadas. Mas claro, nada a ver a massa de mercado com a fresca!

    fevereiro 6, 2017 at 12:14 am
    • Reply Dani Bispo

      Éh Marta aqui é tudo muito simples. Os pratos realmente levam poucos ingredientes, mas poxa tem tanta opção…

      Bjs
      Dani Bispo

      fevereiro 6, 2017 at 7:10 am
  • Reply Dayana

    Que post DELICIOSO! Gente, sou louca por massas e não resistiria a uma fresquinha dessa Sfoglia Rina… não que a Trattoria da Me pareça ficar atrás, de jeito nenhum!
    Amei as dicas!! Anotadinhas para quando passar em Bolonha!!! <3

    fevereiro 6, 2017 at 12:55 pm
  • Reply Pedro Henriques

    Eu adoro massas, é dos meus pratos preferidos! Vou guardar este artigo para quando visitar Bolonha, obrigado!

    fevereiro 6, 2017 at 9:39 pm
  • Reply Luciana Danelon

    Gosto muito do seu blog!! Vou me mudar para a Itália esse mês e Bolonha está entre as primeiras cidades que quero conhecer. Parabéns pelo blog, acompanho suas dicas, me ajudarão muito! Bjs

    fevereiro 7, 2017 at 1:37 am
    • Reply Dani Bispo

      Oi Luciana
      Fico feliz que vc goste e que de alguma forma te influencie a conhecer Bolonha

      Abraços
      Dani Bispo

      fevereiro 7, 2017 at 7:31 am

    Leave a Reply