Follow:
Modena, Terra dos sabores

Modena, a terra dos sabores

Província Italiana com mais produtos com selo dominação de origem, a região também é conhecida como Modena, a terra dos sabores

Modena é uma cidade calorosa, com um povo simpático e lindos monumentos em estilo românico.

Por ter sido por muitos séculos a capital do Ducado dos Est, a cidade possui preciosíssimos tesouros culturais deixados como herança do tempo de príncipes e palácios majestosos.

Mas toda a riqueza do lugar não se resume somente ao seu patrimônio cultural, Modena é a província Italiana mais rica em produtos de dominação de origem DOP (denominação de origem protegida) e IGP (indicação geográfica protegida), o que no mundo é sinônimo de boa mesa.

Para que  produtos chegassem à esse nível de excelência, eles percorreram um longo caminho. Foi necessária a maestria de gerações para chegar à produtos únicos como o Aceto Balsamico Tradizionale por exemplo.

Uma excelência conquistada em nome da genuinidade, do respeito pelas tradições e da defesa dos sabores.

O fascínio dos carros lendários, o talento de viver bem, a boa mesa Emiliana e a excelência de tantos dos seus produtos tornam essa região um destino imperdível.

Modena, a terra dos sabores

Produtos DOP e IGP do território modenês

Produtos DOP e IGP do território modenês

A província de Modena está localizada em uma privilegiada posição bem no centro da planície Padana na qual estão as áreas permitidas de produção do queijo Parmigiano Reggiano, Prosciutto di Modena e outros importantes produtos.

Além do presunto, que é mais salgado em relação ao de Parma, a região produz ainda muitos outros embutidos como os salames, a coppa di testa os ciccioli (torresmos) que merecem ser provados.

Produtos DOP e IGP do território modenês

  • Aceto Balsâmico Tradizionale di Modena DOP
  • Parmigiano Reggiano DOP
  • Lambrusco di Modena DOP (Gasparossa di Castelvetro, Sorbara, Salamino di Santa Croce e Modena)
  • Prosciutto di Modena DOP
  • Aceto Balsamico di Modena IGP
  • Zampone Modena IGP
  • Cotechino Modena IGP
  • Amarene Brusche di Modena IGP
  • Ciliegia di Vignola IGP

 

Experiências enogastronômicas em Modena

Com toda essa frutuosidade, o território é rico em experiências enogastronômicas oferecidas por trattorias, osterias, restaurantes, empresas agrícolas e artesãos do gosto aos visitantes.

Não dá para falar em vir a Modena e não aproveitar para conhecer os principais produtos italianos conhecidos no mundo

Abaixo listo para vocês as atividades que todo turista que visita a região deve fazer.


Visitar o Mercado Coberto Albinelli

Para começar a conhecer um pouquinho dos sabores de Modena aconselho a começar a experiência pelo o histórico Mercado Albinelli. Em estilo Liberty, o mercado foi construído em 1931 para dar um teto aos vendedores ambulantes da cidade.

Há quase um século é onde os modeneses fazem suas compras. Por lá é possível encontrar todos os produtos locais tradicionais.

Mercato Albineli o local ideial para começar a conhecer os produtos tradicionais de Modena. E você ainda corre o risco de esbarrar com o master chef Massimo Bottura fazendo compras por lá

Informações para a visita

De segunda à sábado das 6:30h às  14.30h
Sábados e véspera de feriado: das 16:30 às 19h
Para a festa de San Geminiano, patrono de Modena – 31 de janeiro – o mercado tem horário especial, consultar no site.


Visitar uma queijaria produtora do queijo Parmegiano Reggiano DOP

Prateleiras cheias de queijos parmigiano reggiano

A sala de uma queijaria onde os queijos envelhecem

Modena e Reggio Emília são zonas de produção do rei dos queijos e muitas das queijarias abrem suas portas para visitas guiadas. Basta reservar antecipadamente.

Nós fizemos uma visita ao Caseificio 4 Madonne – em breve vou contar a experiência por aqui – e foi simplesmente INCRÍVEL.

Ver todo trabalho de transformação do leite feita com o auxílio dos mestres casari foi importante para conhecer um queijo que está na mesa de todo mundo e principalmente, entrar na cultura produtiva local.

Todas as visitas começam muito cedo pois o processo de produção se inicia com a entrega do leite. No final há uma pequena degustação a possibilidade de compra direto com o produtor.

Informações para a visita

Cada queijaria possui um horário para o início da visita e para chegar até elas – que ficam afastadas do centro de Modena – você pode contratar uma empresa de turismo, motorista particular ou tour ou ir por conta própria.

Para a visita de forma independente, contatar diretamente a queijaria e fazer sua reserva.

Neste link tem a lista todos as queijarias participantes abertas à visita.

Em breve uma lista com as principais queijarias produtoras abertas à visitação


Visitar uma Acetaia produtora do Aceto Balsâmico Tradizionale di Modena DOP

Uma sala da acetaia cheia de pequenos barris onde envelhecem o aceto balsâmico tradizionale

Uma das salas da Acetaia Giusti em Modena

Simplesmente não se pode dizer que conheceu Modena sem ter colocado os pés dentro de uma Acetaia e conhecer um produto profundamente ligado à essa terra.

Esqueça tudo que você o que você sabe sobre o Aceto balsâmico – conhecido no Brasil como “vinagre” balsâmico – e faça essa visita de olhos abertos e ouvidos bem atentos.

É fascinante conhecer a história dessa iguaria que só pode ser comercializada depois de envelhecer no mínimo 12 anos, chegando até envelhecer até 100 anos. Uma tradição local que literalmente passa de pai para filho.

Na ocasião que estive em Modena visitei a Acetaia Giusti, a mais antiga em funcionamento – em breve contarei a experiência por aqui. Mas existem várias outras Acetaias produtoras que são abertas à visitação.

Uma opção seria ir à cidade de Spilamberto onde existe o Museu do Aceto Balsamico Tradizionale. O museu se encontra na sede da famosa “Consorteria dell’Aceto Balsamico Tradizionale”, uma associação que protege a produção desse precioso condimento.

Informações para a visita ao Museu do Aceto Balsamico Tradizionale 

Para a degustação do Aceto Balsamico Tradizionale é necessária reserva antecipada que pode ser feita pelo e-mail info@museodelbalsamicotradizionale.org ou pelo telefone +39 059 781614

site: www.museodelbalsamicotradizionale.org

Preços: Inteiro: €2 ou inteiro com visita guiada e degustação: €4

Visitas  Guiadas

Para visitas durante a semana, as reservas devem ser feitas com pelo menos 1 dia de antecedência.

Para visitas às segundas pela manhã e nos fins de semana, as reservas devem ser feitas até a manhã da sexta-feira anterior.

Os últimos horários das visitas guiadas são às 11:30h pela manhã e 17:30h à tarde

Aos domingos entre 09:30h e 12h é possível visitar Acetaia della Consorteria sem reservas, no entanto somente visitas em Italiano

As visitas guiadas serão oferecidas em italiano e inglês. Para visitas em outras línguas entrar em contato.

Horário de abertura

Terças, quintas, sexta, sábados e domingos: das 10:30h às 17:30h

Quartas: das 10:30h às 13:30h

Segundas: Fechado

Aqui tem uma lista com as principais acetaias abertas à visitação


Acetaia Comunale di Modena no Palazzo Comunale

barris de balsamico enfileirados em Modena, a terra dos sabores

A sala onde se localiza a Acetaia Comunale di Modena (fonte: tripadvisor)

Caso você tenha pouco tempo na região, temos uma opção para você

Nem todos sabem, mas no sótão do Palazzo Comunale da Piazza Grande existe uma acetaia municipal aberta à visitação.

Criada em 2003 aos cuidados da “Consorteria dell’Aceto Balsamico Tradizionale”, o local hospeda três baterias de barris: duas baterias menores com seis barris cada uma e outra bateria maior com dez barris.

As três baterias de barris menores já começaram a produzir o aceto chamado “affinato” em 2015 enquanto que para um aceto ser chamado de “stravecchio” – ou extra envelhecido – terá que esperar pelo menos até 2028.

A acetaia ainda possui outros três grandes barris de carvalho de 100 e 200 litros usados para alimentar as baterias de barris menores além de expor diversos objetos relacionados com a cultura do aceto.

Por estar localizada no coração do centro histórico, é ideal para quem quer conhecer a cultura do aceto e não tem tempo para ir até as acetaias que estão fora da cidade.

Informações para a visita

Visitas guiadas
Sextas-feiras – das 15:30h às 16:30h
Sábados e domingos (exceto domingo de Páscoa) e segunda após a Páscoa – às 10:30h, 11:30h, 15:30h e 16:30h

Preço
ingresso: €2
ingresso Unesco (incluso a visita à outros  : €6
Visitas mediante reserva no Iat – centro de informações túristicas que fica no pórtico do Palazzo Comunale

Visitas gratuitas
31 de janeiro – Festa de San Geminiano, Santo Patrono di Modena
Visitas mediante reserva no Iat – centro de informações túristicas que fica no pórtico do Palazzo Comunale

As visitas são realizadas em grupos com no máximo 20 pessoas e possuem uma duração de 20 minutos


Visitar uma vinícola e fazer uma degustação do Lambrusco de Modena DOP

A guia atrás do balcão já preparado para degustação em Modena, a terra dos sabores

Após o tour, a guia nos conduziu à uma degustação

O vinho típico de Modena é pouco conhecido – e muito desprezado – o Brasil.

E porque não aproveitar a oportunidade para conhecer melhor o vinho modenês frizante por excelência?

Perfeito para acompanhar os pratos típicos regionais a bebida ainda por cima leva 4 selos de denominação de origem protegida – DOP?


Visitar um prosciuttificio produtor do Prosciutto di Modena DOP

(fonte: consorzioprosciuttomodena.it)

A zona de Modena é considerada como uma referência para o processamento de carne de porco e precisamente graças à antiga e enraizada tradição gastronômica de embutidos.

As diferenças entre o Presunto cru de Modena e o famoso Presunto cru de Parma são: No presunto modenês, o envelhecimento leva 14 meses em vez de 12 meses, a carne é levemente mais seca e é um pouco mais salgado.

É um produto exclusivamente produzido no território de Modena. Fora dali, o produto não pode ser chamado de Prosciutto di Modena DOP.

Aqui tem uma lista com os principais prosciuttifici abertos à visitação


Visitar o Museu de embutidos MuSa;

eu e uma guia que juntos aos presuntos crus me explicava o processo de fabricação

A guia do MuSa nos explicando o processo dos presuntos crus.

O MuSa é um museu multimídia dedicado aos embutidos italianos. Fundado pela industrias de embutidos Villani, o local conta a história e o desenvolvimento de técnicas de produção de produtos à base de carne suína.

Apesar de pequeno o museu é muito didático e educativo. Quando estive por lá achei a visita bem interessante.

Informações para a visita

Preços por pessoa

Visita livre –  € 3
Visita guiada mediante a reserva com pelo menos 3 dias de antecedência – € 7

Reservas pelo e-mail info@museodellasalumeria.it

Crianças até 10 anos não pagam

Degustação

Ao fim da visita é possível fazer uma pequena degustação na loja da empresa que fica em anexo – €7

Horário de abertura

O museu está aberto todos os dias da semana de 10:30h às 18h

com exceção das seguintes de sábado de aleluia – 10:30h às 13h

Fechado na Páscoa, 1º de novembro, 8, 24, 25, 26, 31 de dezembro, 1º e 6 de janeiro

Share:
Previous Post Next Post

Você também pode gostar

12 Comments

  • Reply Francisco Agostinho

    Meu Deus…Nós no mediterrâneo somos abençoados por poder produir todas estas belas “guloseimas” !!! Tenho de ir à essa região, breve, é urgente mesmo!!! hehehe

    abril 16, 2017 at 12:32 pm
  • Reply Renata Rocha Inforzato

    Você descreveu um tipo de roteiro que adoro. E na Itália, ainda, um país que adoro… Quando você publicar os textos das visitas, quero ler. Adorei o post, Dani

    abril 16, 2017 at 5:25 pm
  • Reply Flávia Donohoe

    quanta coisa legal pra se conhecer e comer na Itália Dani, ainda quero conhecer muitas coisas desse país incrível e a comida é uma ótima forma de começar.

    abril 16, 2017 at 6:09 pm
  • Reply Tina Wells

    Acho que vou passar 1 mês em Modena pra conhecer todos esses lugares! Adoro tudo que vem da Itália, menos o vinho – que me perdoem os italianos!

    abril 16, 2017 at 7:07 pm
    • Reply Dani Bispo

      Naoooo Tina, jura? Mas você não gosta dos vinhos italianos porque não bebe vinho? Ou porque os vinhos que você provou não gostou? Estou curiosa rs

      abril 16, 2017 at 10:45 pm
  • Reply Claudia Bins

    Ai meu Deus!!! Esse post me abriu o apetite, agora fiquei morrendo de fome e de vontade de conhecer Modena! 🙂

    Clau
    @as_passeadeiras

    abril 16, 2017 at 7:58 pm
  • Reply Eliana C. Pereira

    Adorei o post!!! Ainda não consigo imaginar por que as pessoas só visitam a Ferrari em Modena, sendo que tem tanta coisa legal para fazer…

    abril 16, 2017 at 8:58 pm
    • Reply Dani Bispo

      Poxa Eliana, mas a Ferrari também faz parte da cultura Modenesa. E Brasiliero é apaixonado por carros né?

      abril 16, 2017 at 10:44 pm
  • Reply Michela Borges Nunes

    Que post legal! Adoraria visitar uma queijaria e também o mercado público. Aliás, adoro ir aos mercados públicos quando viajo. Parabéns, muito bom!

    abril 16, 2017 at 10:07 pm
  • Reply Marcia

    Muito interessante. Não sabia dessas certificações! Ah, a Itália…

    abril 17, 2017 at 3:00 am
  • Reply Lidiane

    Minhas duas visitas favoritas foram a da queijaria e a da vinicolo produtora de Lambrusco, espero poder faze las um dia. A Italia e demais!

    abril 17, 2017 at 3:14 pm
  • Reply Gisele Almeida

    Nossa Dani, fiquei até com água na boca ao ler seu post. Fábrica de Parmigiano Reggiano, Lambrusco e Vinagre de Modena são mesmo visitas imperdível na região. Gostei tanto que quero voltar para repetir tudo!

    abril 20, 2017 at 12:53 am
  • Leave a Reply